Descubra de onde é a jaqueta ilustrada do Gil do Vigor

Sem dúvida, você que acompanhou a final do BBB21, correu logo para a internet e fez buscas para saber de onde são os looks e acessórios mais usados pelos brothers e sisters na casa. E descobrimos de onde é a jaqueta ilustrada com muita tinta neon, feita especialmente para o Gil do Vigor, o “Rei da Cachorrada”.

Apesar do Gilberto Nogueira, o “Gil do Vigor”, não ter ficado entre os finalistas, ele acabou conquistando o coração do público com sua energia e alegria. Na grande final, Gil apareceu na telinha usando uma jaqueta personalizada que logo chamou a atenção e roubou a cena. E a gente bateu um papo super bacana com o idealizador da jaqueta. Vamos conhecê-lo?

Convidamos o ilustrador, Iago Carvalho, 25 anos, carioca, estudante de arquitetura e que também é influencer digital, para um bate-papo exclusivo e para sabermos mais sobre sua história com os desenhos ilustrados em jaquetas e contar um pouco mais sobre seus sonhos e projetos futuros.

Iago Carvalho

Fashion à Porter: Me conta um pouco da história da sua marca.

Iago Carvalho: Minha história começou em 2014 quando uma amiga minha me desafiou a trabalhar com o ramo dos desenhos arte retratista, porque eu me formo em arquitetura esse ano. E essa mesma amiga falava assim: “Iago, você desenha prédio, desenha árvores e você não consegue desenhar pessoas? Tá de sacanagem, né?”. A partir daí fiquei com aquilo na cabeça e um belo dia em casa, na área de lazer do condomínio onde moro, ilustrei a atriz Bruna Marquezine. E minha amiga como é muito teimosa, pegou meu celular e disse que iria ver algo e acabou criando o meu perfil no Instagram de ilustrador e postou o desenho que fiz, marcando a Bruna Marquezine. A partir daí veio aquela enxurrada de comentários e fãs clubes da Bruna, curtindo, compartilhando e comentando. E foram surgindo vários outros fãs clubes me dando sugestões do tipo: “Tem desenho da Marina Ruy Barbosa? Tem desenho de fulano e ciclano?”. E horas depois a Bruna Marquezine curtiu meu desenho.

A partir daí, para mim, foi algo muito bacana e gratificante de ver. Foi um desafio muito grande, porque era um estilo de desenho que eu não trabalhava e comecei a me envolver com essa arte. E cada vez mais fui me desafiando e ilustrando pessoas. Até porque eu amo o trabalho que faço, tanto nos desenhos quanto na customização. Cada desenho, cada jaqueta ilustrada é única e exclusiva, então não fico rotulado a fazer a mesma coisa sempre. Em 2017, lidei como um hobby meu trabalho e neste mesmo período comecei a trabalhar profissionalmente, abrindo meu trabalho para clientes.

Fashion à Porter: Como está sendo o retorno de visibilidade da sua marca com o Gil usando sua jaqueta?

Iago Carvalho: Esta sendo incrível! Até porque estou acostumado a enviar esses press kits para alguns artistas famosos e influenciadores. Pensei que o Gil fosse apenas fazer uma postagem em seus stories, ou algo que fosse só agradecer o recebido. Mas fui pego de surpresa igual a todo mundo. E a minha reação foi aquela alegria em ver meu trabalho tendo todo esse reconhecimento e ver a minha jaqueta ilustrada e usada por um dos protagonistas na edição deste ano, até porque o Gil não ganhou o BBB21. Mas o seu coração e de todos nós ficaram quentinho e o sentimento de gratidão e de reconhecimento explodindo!
Confesso que estou impactado e em choque até agora, com toda essa repercussão com o engajamento do público e dos seguidores.

Gil do Vigor
Foto: Instagram @gilnogueiraofc

Mas fui pego de surpresa igual a todo mundo. E a minha reação foi aquela alegria em ver meu trabalho tendo todo esse reconhecimento e ver a minha jaqueta ilustrada e usada por um dos protagonistas na edição deste ano, até porque o Gil não ganhou o BBB21.

Fashion à Porter: Como surgiu a ideia de estampar os confinados do BBB21 em suas jaquetas?

Iago Carvalho: Tenho um público muito jovem que gosta justamente do entretenimento. Então eles ficam ligados em reality show e o BBB21 é um programa com bastante engajamento, tanto dentro e fora da casa. Então, quando começa a sair a lista de participantes, as pessoas começam a enviar mensagens dizendo “Você tem que desenhar fulano, porque fulano vai causar“. Nas edições passadas e retrasadas ilustrei nomes memoráveis de participantes. Daí entreguei para eles a ilustração em uma placa de PVC que é a atual forma de comercializar meu trabalho dos desenhos. Como a procura foi muito grande, pensei vou permanecer com a ideia dos desenhos e junto vou trazer a customização das jaquetas.

Quando postei a jaqueta da Juliette Freire, vários seguidores vieram no meu perfil dizendo: “Faz a jaqueta do Gil, faz a jaqueta da cachorrada pra ele. Faz uma Jaqueta da espiã para a Sarah”. A partir daí fui juntando tudo que meus seguidores e o público deles vinham enviando no meu perfil e acabei agregando com as minhas ideias.

Fashion à Porter: Conta pra gente, você pretende expandir seu negócio e criar collabs com outras marcas no mercado da moda?

Iago Carvalho: No futuro pretendo realizar uma exposição completa com meus quadros e as jaquetas customizadas. Pretendo um dia ter o meu próprio negócio, abrir uma loja própria ligada neste segmento. Já adianto em primeira mão que farei uma collab com uma marca de bolsas unissex (tanto para o público masculino e feminino). Vai ter bolsas com pegada bem gringa e outros modelos no estilo Shoulder Bag e todas customizadas por mim.

Compartilhe este post